12 de abr de 2008

Lobby dos capacetes

Pegando nuns artigos publicados no Cenas a Pedal sobre o uso do capacete e no lobby que anda tentar impô-lo através da lei aos ciclistas portugueses, tento fazer um paralelo com outros países supostamente mais avançados do que o nosso. Um dos blogues que tenho seguido pertence a um amante de bicicletas de Copenhaga, o Copenhagenize.com, e são inúmeras as vezes que fico deliciado com as fotos sobre bicicletas que ele publica no blogue. Convido-vos a visitarem o blogue ou então a sua conta no Flickr e reparem nas fotos com ciclistas que enchem Copenhaga, cidade tambem chamada de capital das bicicletas, e depois tentem contar quantos capacetes veem nas cabeças dos ciclistas. Tambem em Amestardão é raríssimo ver um ciclista com capacete.


Agora pergunto se esse pessoal do centro e norte da Europa que tanto usa e abusa do uso da bicicleta é assim tão burro por não usar o capacete enquanto pedala? Ou estas tentativas de imporem o uso de capacete para os ciclistas em Portugal não passa duma manobra para favorecer algum industrial ou certas empresas que vendam esses produtos?
Quem queira usar o capacete porque acha que dá estilo, ou dê segurança enquanto anda a passear de bicicleta, é lá com cada um. Mas tentarem impôr isso a toda a gente, é um abuso, uma tentativa de infração da liberdade dos outros e até mesmo afastar muita gente da utilização das bicicletas.

2 comentários:

Peters disse...

Na Austrália parece já haver uma experiência com a obrigatoriedade.
O blog do Gwadzilla apontou para um estudo "the helmet does more harm than good"
http://2ser.podomatic.com/entry/2008-04-12T06_37_13-07_00

RedTuxer disse...

A mim parece que faz bastante mal, ao ser bastante inestético já é suficiente :)

Cumprimentos