7 de out de 2007

Ida ao Mercado da Ribeira

Com um belo dia como o que estava hoje, não podia perder a pedalada da ordem! Decidi que devia ir novamente à Praça do Comércio e fazer um percurso ainda maior do que aquele que tinha feito dias atrás. E assim foi! Só que a minha burra resolveu mostrar os seus pontos fracos, começou a queixar-se ruidosamente da roda pedaleira. E assim foi durante quase todo o percurso, cada pedalada, cada uivo de dor. Mas mesmo assim tive de afrouxar nalguns percursos, não vai ultrapassar os limites de velocidade como aconteceu na radial de Benfica:

80Kmh

Após Campolide, fui visitar de passagem a Mesquita de Lisboa, descer até aos Restauradores, e dirigir-me ao Mercado da Ribeira, meu objectivo.

Restauradores

O dia ficou então ensolarado, convidando-me a passear pela Avenida 24 de Julho o que fiz com prazer. Lá fui 24 de Julho abaixo até Alcântara, apreciando o movimento dos últimos clientes das discotecas.

24 de Julho

Alcantara

Daqui do local da antiga rotunda de Alcântara, comecei o regresso a casa até porque a burra continuava a queixar-se da roda pedaleira. Estranhei foi o pouco movimento no mercado da droga da Avenida de Ceuta e aproveitei para tirar uma foto a esta ratoeira chamada de valeta ou canal de águas pluviais. Um descuido e a roda fica completamente entalada naquele rasgo e os estragos serão grandes:

Ratoeira

Deixo também aqui uma imagem do Aqueduto das Águas Livres, sempre bonito e imponente.

Aqueduto Águas Livres

Noto que cada vez faço melhor as subidas e no fim dos percursos, não me sinto cansado por aí além e de dorido, absolutamente nada! Por agora fica a burra à espera de algumas peças para reparar a roda pedaleira e fico já a pensar em qual será o próximo percurso! Quanto ao de hoje, fica aqui pra posteridade...


2 comentários:

CrimsonTuxer disse...

Hoje foi uma volta bem grande... tens de por um conta-quilometros na burra.

RedTuxer disse...

Para já preciso de a arranjar, neste momento está inop!